segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Denúncia de plágio em concurso cultural da revista Nova

Olá, gente!

Trago um post sobre denúncia de plágio no concurso cultural da revista Nova. Um das vencedoras plagiou uma jovem que ganhou no concurso cultural da revista Elle. O prêmio é uma bolsa de grife.
O texto do post abaixo é de Caroline Raphaelli, do blog Coração Cadente, a quem pedi para republicá-lo aqui pois compartilho igualmente da indignação com quem trapaceia em sorteios, concursos e afins. Faço minhas as palavras de Carol:


"Oi meus amores...
Hoje preciso falar sobre minha indignação.Todas(os)estão cansados de saber que amo e sou viciada em Concursos Culturais.E o ano passado a Revista Elle realizou um Concurso Cultural:"Se minha bolsa falasse",e o resultado foi esse:

"O que sua bolsa revela sobre você?"
As três vencedoras são:

Angélica Zen, Santa Cruz do Sul, RS
Que sou vaidosa, amo moda, enlouqueço por uma bolsa ou um par de sapatos e não sobrevivo sem celular. Que sou poderosa, bem sucedida, ganho bem, sou influente e independente, mas que também adoro que meu marido faça minhas vontades!

Talita Coelho Alexandre Chaves, Belo Horizonte, MG
Se minha bolsa revelasse algo sobre mim, ela iria falar assim: Ai gente, minha dona é uma figura! Suas contas vivem atrasadas...Mas ela acaba pagando no último instante...Suas maquiagens são “top” e seu celular vive chamando sem parar! Comilona compulsiva...Sempre tem um chocolate, um biscoito, uma bala escondida num compartimento secreto que eu tenho! Ela também é muito agitada, vive correndo de um lado para o outro...as vezes, quase me esquece nos lugares...Mas também é muito amorosa...sempre carrega uma lembrancinha para alguém...Ela é fanática com bolsas...me troca de vez em quando...Mas como eu sou mais básica, ela me usa um pouco mais...Ultimamente, tenho me sentido um pouco cansada...Por isso seria muito bom ter uma amiga para revezar comigo!

Adriana Basniak, Curitiba, PR
Uma mulher multifuncional, camaleoa, independente, livre e feliz consigo mesma! Estou sempre me reinventando, procurando novos rumos, desafios, amores e desatinos. Carrego comigo: boas lembranças, sonhos, realizações e desejos, pois maior que minha bolsa, só mesmo meu coração!

Na época eu amei a frase da Talita,achei muito criativa.

Nessa semana conferindo o Resultado do Concurso " Janela da Alma" da Revista Nova olha com o que eu me deparo:

» Daniela Tavares de Santana / Salvador - BA
"As outras eu não sei, mas a minha diz, quando está fechada, que eu tenho bom gosto. Aberta, conta que sou uma louca, que carrego de tudo um pouco, de chaveiro e moeda de 1 centavo até a família. Ela diz que eu não deixo nada para trás, que faço questão de ter comigo tudo aquilo que é importante para mim. A moeda? É para dar sorte. Até já deu: na gincana da escola do meu filho, vencia quem tivesse uma. Ele ganhou!"

» Fernanda de Araújo Sapienza / São Paulo - SP
"Se todas as bolsas falassem, com certeza seriam fontes inesgotáveis de pesquisa para nos compreender. Elas podem dizer se uma mulher é cuidadosa ou desleixada, prevenida ou desencanada, prolixa ou sucinta. Ah, se elas falassem! A bolsa funciona como etiqueta: dependendo do material e dos desenhos, mostra força, delicadeza, audácia. Além disso, é tão semelhante à mulher que somente em seu interior revela realmente a que veio."

» Renata Souto Vieira Martins / Suzano - SP
"Se minha bolsa revelasse algo sobre mim, ela iria falar assim: 'Ai, gente, minha dona é uma figura! Suas contas vivem atrasadas... Mas ela acaba pagando no último instante. Sua maquiagem é top e seu celular vive chamando sem parar! Comilona compulsiva... Sempre tem um chocolate, um biscoito, uma bala escondida num compartimento secreto que eu tenho. Ela também é muito agitada, vive correndo de um lado para o outro. Às vezes, quase me esquece nos lugares. Mas também é muito amorosa. Sempre carrega uma lembrancinha para alguém. Ela é fanática por bolsas e me troca de vez em quando. Mas, como eu sou mais básica, ela me usa um pouco mais. Ultimamente, tenho me sentido um pouco cansada. Por isso, seria muito bom ter uma amiga para revezar comigo!'"

Regulamento da Revista Nova:

CLÁUSULA 8 - O (a) interessado (a) em participar do concurso declara, desde já, ser responsável pela autoria da resposta encaminhada e que a mesma não constitui plágio ou violação de quaisquer direitos de terceiros, ao mesmo tempo em que cede e transfere para a Editora Abril, sem quaisquer ônus para esta e em caráter definitivo, plena e totalmente, todos os direitos autorais sobre a mesma, para qualquer tipo de utilização, publicação, reprodução por qualquer meio ou técnica, e na divulgação do resultado.

Não agentei,fiquei dois dias procurando onde eu tinha guardado essa frase,e não é que achei,pois no site da Elle,só está os resultados desse ano.
Imediatamente mandei um email para a Editora chefe da Redação da Revista Nova pedindo uma providência.Fiz isso,pois não posso ficar calada diante de tanta cara de pau.É muita sacanagem com as pessoas que ficam ali durante horas criando sua frase, e até mesmo com a própria Talita,dona da frase.
É fácil chegar, copiar,colar e ganhar,não é mesmo?

Por isso,quem vive participando de Concursos Culurais,vamos ficar ligados.Plagiou,entregue!
Essa Renata pelo que andei pesquisando,já ganhou outros Concursos Culturais,uns nem divulgaram a frase vencedora...Vai saber com que frase ela ganhou,né?

Fica aqui minha denúncia!
Beijinhos".


CASO RESOLVIDO: A REVISTA NOVA REFORMULOU SUA DECISÃO E COLOCOU OUTRA GANHADORA NO LUGAR DA USURPADORA.

6 comentários:

apaixonadaporromances.com.br disse...

Kelina, que absurdo ainda bem que tem espaços assim para fazer denunciar gente cara de pau.

Beijos & Abraços

lais disse...

oi amiga nossa que sacanagen , copiar frase de outros, também não acho justo e gostei do que vc fez,sabe outra coisa que não gosto também são aquelas promoções que algumas empresas colocam para dizer alguma frase sobre o produto,eu coloco a frase e vem um monte de espertinhos tentando faser uma frase baseada na minha,ja aconteceu comigo e a pessoa ganhou,ela usou uma parte de minha frase modificou algumas palavras mas dava pra ver que era igual a minha.voce fez bem em denunciar,parabéns

Nane Balda disse...

mas vcs comunicaram a revista nova né? plágio é crime!

Kelina disse...

É grave, meninas, temos de denunciar. Por isso que pedi permissão a Caroline Raphaelli para republicar esse texto aqui. Não podemos deixar barato. A gente queima a cuca, atrás de criatividade para vencer algum concurso para alguém vir com esperteza e nos deixar para trás e vamos ficar caladas? Não mesmo. Por isso vamos ficar atentas e denunciar, como a Caroline fez notificando a Nova para tomar providencias.

Laís, como ficou o seu caso? Fez a denúncia?

Um abração.

Caroline Andrade disse...

Parabéns pela atitude, hoje vi no site na revista nova que já passaram o prêmio para outra participante.

Kelina disse...

Obrigada!
Que bom que a Nova fez justiça a verdadeira ganhadora do prêmio. Fico feliz por ela.
Um abraço.

Postar um comentário